MATUTANDO

MATUTANDO

R$25,00

Avaliado como 5.00 de 5, com baseado em 4 avaliações de clientes
(4 avaliações de clientes)

Gente é feita de coisa vivida. Gente é coisa sonhada. A palavra quando dorme é acordada ainda com o gosto dos sóis que campeiam a infância, esse bauzinho onde guardamos o que temos de melhor, como diz um Manoel poeta. Minha vó, sem as diabruras lógicas do falar empolado das gentes letradas, ao falar, encantava o miúdo ao seu pé, pois os causos contados enchiam meus poucos anos da fantasia necessária pra desengravatar a vida. Minha vó lá do interior do mato, toquinho de gente, chorava, ria, endoidecia, rangia os dentes e se acalmava ao matutar. Mostrou-me desde sempre o que podem as palavras: não dizem das coisas, mas com elas atravessam o tempo desmontando os séculos, embaralhando as ordens medidas, sem gênesis e apocalipse. Já feito homem tirei papel de historiador, diploma na parede e dedo em riste, enredei a alma com toxinas acadêmicas, mas aos pouquinhos reaprendo a dizer com os ouvidos abertos ao comum do povo que fala em poesia.. Não pensa, matuta.

REF: 978-85-5634-011-5 Categoria

Product Description

“Matutando” me surgiu no cutucar do bauzinho da infância, os versos naturais de vovó que ressoam nos versos que salpico meio estropiados no papel. Matuto é o poeta das beiradas de ruas, sem crachá de poesia, mas encharcado até a alma dela. É vontade de beleza do matinho amassagado no canto da boca do jeca que não mais existe, do jeca que há de existir. E deste livretinho de vozes que vem de longe, espero as palavras daqueles que estão aqui perto. Ou o silêncio.

Agradeço a Aline Rochedo por fazer de minhas pequenas palavras um tacape indígena. Outras virão sem ordens medidas no desassossego da labuta moderna: o matuto em plena Avenida Central, anônimo e descrente.

Inté, Luizin.

 

Additional Information

Peso 0.300 kg
Dimensões 21 × 14 cm

4 reviews for MATUTANDO

  1. Avaliação 5 de 5

    Leonardo Rocha

    Ótima leitura pra cair num universo distante desse mundo apressado é perto da própria natureza. Livro maravilhoso, sutil, carregado de grandes coisas dentro de pequenas palavras.

  2. Avaliação 5 de 5

    Leonardo Rocha

    Meu email correto

  3. Avaliação 5 de 5

    DENISE PIRES DE ANDRADE

    Matutando tem cheiro, cor e gosto de amanhecer na roça
    no tempo escorrido que deixa o silêncio colorir o que se diz.
    quando então se pode voltar ao que está ainda dentro:
    alegria de se olhar sem susto, aqui se pode apear.
    Bom demais esse abraço de vó guardado no peito!

  4. Avaliação 5 de 5

    Thayz Cristal

    Matutando é um convite para a pausa e uma porta de entrada para o campo.Este livretinho gera instantes de sossego nos dias corridos e cada página tem um encanto diferente.Suas poesias e pinturas merecem ser deliciadas junto do café quentinho e da rede confortável!

Adicionar uma avaliação

Você também pode gostar de…